Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Hino Nacional: história e significado

Cada país possui a sua identidade, cultura e representação. Desta maneira, podem ser reconhecidos pelos demais e também respeitados, além de inspiração o patriotismo de seus próprios cidadãos. Para serem reconhecidos, os países possuem seus símbolos, como a bandeira, selos nacionais e também o hino. O hino conta histórias daquele determinado país, suas lutas, vitórias, belezas e tudo que caracteriza o Estado. E com o Brasil isso não seria diferente. O Brasil conta com sua própria bandeira que o caracteriza, assim como um selo nacional, suas armas e também o hino. O Hino Nacional é aprendido em escolas e entoado em eventos e comemorações em respeito ao país.

História do Hino Nacional

O Hino Nacional brasileiro é um dos símbolos oficiais do país. Ele foi escrito por Joaquim Osório Duque Estrada, e a música é de autoria de Francisco Manuel da Silva. No dia 21 de agosto de 1922, o Hino Nacional foi adquirido como propriedade pelo valor de cinco mil contos de réis, em um decreto assinado pelo presidente Epitácio Pessoa. Inicialmente, o Hino Nacional foi chamado de Marcha Triunfal, pois era uma comemoração para a Independência. Segundo com a legislação, o Hino Nacional deve ser executado com todos em silêncio e em pé, tomando uma atitude de respeito perante ao símbolo e a nação.

Respeito ao símbolo

O respeito ao Hino Nacional significa também respeitar o país. Além de estar em pé, algumas outras instruções devem ser levadas em consideração quando o Hino Nacional é entoado, conforme estipula a lei 5.700/71. Não se admite que qualquer forma de saudação seja realizada. As pessoas não podem aplaudir, emitir gritos, manifestações que sejam ofensivas, expressões vocais ou gestuais de qualquer ordem. Outra regra para que se possa executar o Hino Nacional é quando esta execução for feita de maneira instrumental. Quando for este o caso, as pessoas não devem cantar o hino, mas sim permanecer em silêncio enquanto a melodia é tocada durante a cerimônia, evento, entre outros.

Significado dos termos do Hino Nacional

Diversos termos são utilizados na letra do Hino Nacional, e muitas pessoas não têm conhecimento do que elas significam, apesar de cantarem desde crianças. A palavra “plácidas”, no termo “margens plácidas”, que dizer calma; e “brado retumbante” significa um grito muito forte que faz eco. “Mãe gentil” seria a própria pátria, como se o país fosse uma mãe que defendesse os seus filhos. O termo “garrida” remete a idéia de que o Brasil chama a atenção em decorrência de suas belezas. O “lábaro” é a bandeira e “fulguras” significa brilhar. “Impávido”, é estar calmo, e “colosso” são enormes estátuas.

Aprendizagem na escola

O Hino Nacional brasileiro se tornou obrigatório nas escolas, sejam elas públicas ou particulares, de todo o país, no dia 22 de setembro de 2009. Com isso, os estudantes do ensino fundamental devem cantar o Hino Nacional, pelo menos, um dia na semana. O ensino do Hino Nacional, sua letra correta e como cantá-lo, é feito nas instituições de todo o Brasil para estimular a cidadania e inserir, logo cedo, o patriotismo. Ao ser entoado, o Hino Nacional promove o orgulho no brasileiro, mas também a sua revolta em meio a casos emblemáticos, com o anseio por mudanças e um país muito melhor para se viver.

Comentários

comentários

Veja Também:close