ProUni – Programa Universidade para Todos 2014

ProUni – Programa Universidade para Todos 2014

O Programa Universidade para Todos – PROUNI, é um programa do Governo Federal, criado em 2004, pela Lei nº 11.096/2005. O objetivo do programa é beneficiar alunos vindos de escolas públicas, oferecendo a eles uma bolsa de 50 ou 100% que cobre todas as despesas do curso.

A seleção desses alunos é feita através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Com o resultado que eles obtém na prova do ENEM, o aluno pode se inscrever para a seleção do PROUNI. Ao entrar no site do ProUni – Programa Universidade para Todos, o candidato pode escolher cinco universidades que ele pretende se inscrever e também tem a opção de escolher cinco cursos diferentes.

Para ser selecionado para o ProUni – Programa Universidade para todos, o pré-requisito é que o candidato tenha estudado todo o Ensino Médio em escola pública, ou então, que o candidato tenha sido bolsista em alguma escola particular. O foco principal do programa dar a oportunidade a pessoas carentes, ou seja, com a renda baixa.

Além de preencher os pré-requisitos para ser selecionado, os candidatos devem ter uma boa nota no ENEM, e isso dificulta muito a vida de algumas pessoas, pois a prova do ENEM é considerado por muitos, difícil. Os resultados na prova devem estar acima do da média nacional, por causa da concorrência. Os cursos como medicina, direito e engenharia em geral, são os mais concorridos e por este motivo, os alunos devem ter uma média maior que o “normal”.

Como estudar para o ProUni – Programa Universidade para todos 2014

Passar no vestibular, seja pelo ProUni ou não, exige do aluno muito esforço. Não é possível passar, se não houver estudo. O tempo mínimo de estudo por dia é de 5 horas, com intervalo de 15 minutos a cada uma hora de estudo. O ideal é que nesses 15 minutos de intervalo, o estudante se desligue do computador, celular, cadernos, TV e tudo que faça cansar a mente ou a vista. É importante aproveitar esse tempo de descanso para cochilar.

Na hora de estudar, use tudo a seu favor. Leia apostila, faça simulados, estude através da internet, estude sozinho ou então em grupo. Crie uma maneira de estudar na qual você se identifique. Evite estudar ouvindo música, mascando cliclete ou então estudar ao lado de pessoas que estão conversando. Na hora do estudo, o aluno precisa de silêncio e concentração.

Organização é preciso para passar no ProUni – Programa Universidade para Todos 2014

Em primeiro lugar, para passar no ProUni – Programa Universidade para todos 2014, o aluno precisa fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), e para fazer o ENEM, é preciso fazer a inscrição. Por isso é importante que o aluno tenha uma agenda com datas anotadas, para não perder o prazo da inscrição da prova do ENEM.

Outro ponto importante, é que o aluno entenda como funciona as regras do ProUni – Programa Universidade para todos 2014, é preciso seguir os critérios de renda mensal, fazer o ENEM, não ter estudado em colégio particular durante o ensino médio, entre outras regras.

Ano de vestibular é corrido e por isso é preciso ficar atento aos prazos. Ficar atento principalmente na data de inscrição do ProUni. E não esqueça de acompanhar a evolução da sua inscrição durante todo o processo de seleção.

Lista de espera do ProUni – Programa Universidade para Todos 2014

É normal ficar preocupado e chateado em não passar de primeira chamada, isso pode acontecer e você deve estar preparado para isso. Mas o que não pode acontecer é você desanimar e menosprezar a lista de espera do ProUni – Programa Universidade para todos 2014. O ProUni funciona a base de diversas listas de espera. Então, caso você não consiga a bolsa na primeira ou na segunda chamada, você ainda tem a lista de espera, que contempla diversos alunos, já que alguns acabam desistindo de suas vagas.

Perda do ProUni

Quando um aluno ganha a bolsa, seja ela de 50% ou de 100%, é porque ela realmente mereceu ganhar a bolsa. Porém o processo não acaba aí. Vai muito além. O aluno precisa manter a bolsa que ganhou. Caso o aluno tenha um aproveitamento acadêmico abaixo de 75%, ele pode perder a bolsa, ou seja, se num semestre existem 6 disciplinas para cursar, o aluno deve ser aprovada em pelo menos 5 delas. Em caso de acontecer isso uma vez, a equipe coordenadora do ProUni na instituição de ensino poderá se reunir com os professores de curso para decidir se darão uma nova chance ao aluno. Mas isso acontece apenas uma vez. Se o aluno tiver novamente um aproveitamento acadêmico inferior a 75%, ele pode perderá a bolsa.

Outro motivo para perda da bolsa é a irregularidade na documentação e na renda do aluno. O programa é destinado a pessoas de renda baixa, ou seja, o aluno precisa se encaixar nos critérios básicos socioeconômicos para conseguir ter a bolsa. Se durante o curso a renda do aluno suba, ele corre o risco de perder a bolsa, sim. Isso acontece muito com vários bolsistas do ProUni. Está escrito no manual do bolsista ProUni. Por isso é importante a organização, para ficar atento a todas as regras.

Se o candidato já é formado em algum outro curso, ou então faz dois cursos ao mesmo tempo, ele também não tem direito a bolsa. A não realização da matrícula no começo de cada semestre, também acarreta na perda da bolsa.

Por isso é importante que o aluno mantenha-se sempre organizado e atento. Estudar é algo que exige do aluno força de vontade e dedicação. Fazendo tudo certo, ou seja, estudando, se dedicando, ficando atento aos prazos e mantendo-se atento, não tem como dar errado.

Aproveite seus dias, pegue um livro e comece a estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Você não precisa fazer um cursinho, muitas pessoas não tem condição de pagar um cursinho. A opção é usar a internet. Muitos professores postam vídeos de ajuda para os alunos e também postam materiais de auxílio. Outra dica é fazer simulados e procurar provas anteriores do ENEM, para ter uma ideia de como são as provas. Boa sorte!

Comentários

comentários

Veja Também:close