Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

Relacionamento com Clientes via Facebook

O Facebook é a principal rede social, esta estabelece uma supremacia gigantesca perante todas as demais redes sociais, implicando inclusive na extinção de algumas dessas como a do MSN que foi cruelmente liquidado pela instauração do chat do Facebook.

Por um lado, esta rede social é muito interessante para promover marcas, pois é possível criar páginas, eventos exclusivos e outras formas de comunicação direcionada e, ao mesmo tempo, que agrega diversos tipos de consumidores sem gastar nada mais do que as pontas dos dedos redigindo uns bons textos e alguns minutos dedicados a pensar e a ter ideias mirabolantes e criativas para por e, prática nesta rede social, esta rede social pode vir a representar o suicídio para muitas empresas que não sabem ainda como lidar com o público que fica 24 horas por dia conectado a esta rede social.

Um caso que ilustra muito bem, são as reclamações realizadas via Facebook, em apenas 5 minutos é possível notar que milhares de compartilhamentos são realizados, o post ganha centenas de milhares de curtis e o nome da sua marca vai por ralo abaixo caso não haja esse ponderamento e esse dom de lidar com seus clientes via web.

Primeiros Passos

Primeiramente, é estabelecer o tipo de comunicação que você quer firmar via Facebook, se será uma comunicação mais descontraída, com posts engraçados e conteúdo mais voltado ao entretenimento ou será uma coisa mais séria, regida pelos dogmas da empresa com o objetivo apenas de estabelecer uma relação mais comercial com os seus clientes.

O próximo passo é definir qual será o seu conteúdo, se você já for uma loja, você deve direcionar todos os seus conteúdos de acordo com a sua segmentação, se você vende chinelos, por exemplo, deverá seguir essa linha, dando dicas para limpar o chinelo, falando de tendências de esmaltes para os pés, como usar chinelo com meia no inverno, enfim, procure realmente entrelaçar o seu objeto de venda as suas postagens nessa rede social, assim os seus consumidores sentirão que esta é apenas um apêndice da sua loja e não um novo local de comunicação.

Não Manjo de Internet!

Caso você tenha consciência de que não manja nada de internet, Facebook, Twitter, entre outras redes sociais, você tem duas opções a serem tomadas, a primeira, é contratar um profissional capacitado para atender o seu público na web, este pode ser um publicitário, um profissional de Marketing, um relações públicas ou até um jornalista ou então, nem perca seu tempo entrando para a rede, pois, se você realmente não tiver noção nenhuma, suas curtidas serão poucas e não compensarão as horas que você gastar pesquisando e montando conteúdos para expor na rede social.

Vendas Online

O Facebook é um excelente termômetro para você analisar se vale a pena abrir uma loja online, comece vendendo alguns produtos através de álbuns no próprio Facebook, se você notar que há uma boa aceitação, invista na lojinha online, caso note que não há resposta, é melhor nem “perder seu tempo”

Comentários

comentários

Veja Também:close